Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Os Contos da menina-Mulher

Quem conta um conto, acrescenta-lhe um ponto. Estes são os meus pontos sobre saúde, culinária e lifestyle. Aqui toda eu sou vírgulas, reticências e, no extremo, pontos de exclamação ou mesmo um ponto final!

Qui | 29.11.18

Uma peça de roupa como um ato de coragem

Quem me segue há mais tempo sabe que vejo a moda e a roupa que uso como um espelho do meu interior.

Como tenho "personagens" para cada local que visito, ou grupo social, ou data especial - e como preparo roupas para tal.

Como mudei a minha forma de vestir quando engordei e deixei de me sentir bem no meu corpo.

Como vou recuperando esse bem-estar agora que emagreci e voltei a vestir o S.

 

A Shein é a minha amiga "das horas difíceis", acho que isso é mais do que sabido aqui.

Com o mal-estar psicológico perdi o gosto de visitar lojas físicas. Agora, noto que perdi foi a paciência. E como já sei os truques da Shein, continuo a "lá ir".

 

Em outubro aproveitei mais uma vez os 30% de desconto e os meus reward points das fotos que faço upload e fiz A encomenda da estação: umas calças, uma saia, um vestido e uma camisola - tudo de outono-inverno, tudo para durar até ao ano que vem, a pensar nos jantares de Natal e nos dias passados em família. No total, gastei menos de €60, ou não fosse eu a pelintra-mor. (partilhei a encomenda no Instagram, ora ide lá seguir!)

 

Mas hoje, hoje apetece-me falar das calças.

Podia dizer um monte de coisas, mas digo isto: encomenda-las foi um ato de coragem.

Não costumo encomendar calças online. Fujo de comprar calças em lojas físicas. Porquê? Porque tenho metro e meio e comprar calças é deprimente. Há 10 anos tinha que fazer baínhas que cortavam 10-12 cms às calças. Hoje em dia, vestindo o S corto 7-9 cms.

Mas comprei-as. Coloridas, mantendo a minha palavra de cortar no preto e animar a minha vida. Com risquinha para me fazer mais alta. De tecido e não de ganga (como 90% das minhas calças).

Ainda me sinto estranha com elas, por serem coloridas.

A minha mãe não gosta delas.

Mas a mim? Animam-me, quando olho para as pernas no metro, ou no escritório, lembro-me que também "posso" comprar calças online. Que já consigo usar cor. Que já me liberto das amarras do vestir por hábito e não porque gosto.

redpants_shein_contosmeninamulher_522602.JPG

Resultado: Como me diz a D., uma foto à "blogger fashion"!  

24 comentários

Comentar post

Pág. 1/2