Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Os Contos da menina-Mulher

Quem conta um conto, acrescenta-lhe um ponto. Estes são os meus pontos sobre saúde, culinária e lifestyle. Aqui toda eu sou vírgulas, reticências e, no extremo, pontos de exclamação ou mesmo um ponto final!

Seg | 21.05.18

Tenho medo do escuro:

É verdade, sou adulta e tenho medo do escuro. E não, não o tinha antes.

 

Ontem houve uma quebra geral de energia na minha rua e nas duas adjacentes.

Tínhamos ido para a cama "cedo", ver um documentário sobre Pearl Harbor - o que permite sempre ao m-R mostrar o seu lado "teorias da conspiração" - depois de termos ido ao cinema ver Deadpool 2, que, para mim, deixou a desejar...

 

De repente, puff. Tudo às escuras. A rua toda, as ruas seguintes também.

Eu comecei por fazer piadas.

Depois apercebi-me que estava a tremer, por dentro. 

A imaginar cenários de ladrões a entrar em casa - ninguém me manda ver programas sobre criminologia, ?

Preocupada com o frigorífico e o congelador (welcome to adulting). Preocupada que sem luz, ficamos sem telefone fixo - e uma sensação de isolamento do mundo...

Confirmei 3 vezes que tinha bateria no telemóvel, confirmei várias vezes que os alarmes para hoje estavam a postos...

E o tempo passou e nada de luz.

E eu fazia piadas. E enrosquei-me ao m-R. E estava uma pilha de nervos - serviu a escuridão para ninguém ver.

 

Quase 40 minutos depois, a luz voltou.

E eu percebi que, às vezes, os medos pouco ou nada adultos, chegam com os anos...

 

Vá, agora partilhem aí medos que tenham, para eu me sentir menos tontinha...

Comentar:

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.