Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Os Contos da menina-Mulher

Quem conta um conto, acrescenta-lhe um ponto. Estes são os meus pontos sobre saúde, culinária e lifestyle. Aqui toda eu sou vírgulas, reticências e, no extremo, pontos de exclamação ou mesmo um ponto final!

Qua | 08.05.19

Já regressei, mas...

m-M
Já estou de volta à rotina. Maaaas... estou com uma enorme depressão pós-férias. E pós-matar saudades da mãe e da mana!  Posso desde já dizer que AMEI Praga, é uma cidade que vai deixar saudades. E que a minha mana é a maior lutadora do mundo. Aaaah MULHER INSPIRAÇÃO!   Digam-me, que novidades querem primeiro? Um #Update da mana ou um que tal é Praga?   Tiveram saudades minhas?
Ter | 30.04.19

Entre nós, não há longe.

m-M
* post descaradamente agendado *   Estamos longe hoje, ainda mais longe. Mas na minha mente e no meu coração repete-se o dia de 30 de abril de 2005. Quando tu (me) nasceste, sobrinho e afilhado. Eram 10.25h da manhã, de um sábado que para mim, já se esperava de festa e alegria. Mas nenhum Sol brilhou mais do que o que nos banhou quando te peguei ao colo, pela primeira vez, no hospital. És meu afilhado desde antes de estares imaginado. E sim, és-me a prova que quem muito amamos e (...)
Qua | 24.04.19

Praga, mi aguarda!

m-M
De hoje a uma semana, se tudo correr bem, estarei eu em Praga (mas primeiro faço uma escalazita em Paris - *voos low-cost* ). A passear muito, faça chuva ou faça sol, a comer trdelníks e a conhecer uma cultura completamente nova, para mim.   Mas vocês sabem como eu sou (e quem me segue no Instagram já reparou...) estou tão entusiasmada que já preparei a minha mala e todos os autifites! E sim , comecei um "especial" pre-packing
Qui | 18.04.19

Experiência | Voltei ao local da minha "festa de arromba"

m-M
(Sim, falar de comidinha é calming para mim...)   Quando fiz 30 anos, fartei-me de falar por aqui da minha festa dos meus Golden 30's - o presente de aniversário que pedi ao m-R e que "arrastou" gente de todo o país a participar.  É uma noite que guardo nas minhas memórias,com um enorme carinho. A minha família veio a Lisboa (incluindo a minha sobrinha L. que, à época, tinha um mês... e já vai a caminho dos 4 anos, agora!) . Comemos bem, dançámos e brindámos. Fomos uns (...)