Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Os Contos da menina-Mulher

Quem conta um conto, acrescenta-lhe um ponto. Estes são os meus pontos sobre saúde, culinária e lifestyle. Aqui toda eu sou vírgulas, reticências e, no extremo, pontos de exclamação ou mesmo um ponto final!

Ter | 18.06.24

Eu, numa música

m-M
Esta música já foi banda sonora de coração partido; de dizer adeus. Hoje, sinto que me representa, que me banha, que me acalma.   Ainda dizem que o ser humano não muda...
Qui | 13.06.24

O Mundo lá fora

m-M
Quero conhecer o Mundo lá fora. E até tento visitar um país novo por ano... Mas depois... depois há aquela cidade, aquela que me chama e eu por mim, largava tudo e ia.   Representa tanto, e eu sei que penso sempre em voltar - esteja bem ou em baixo - à procura da sensação que tive nas primeiras vezes...   Sinto saudades de me surpreender com um sítio... ao ponto de querer repetir e voltar e sonhar em fazer as malas, e ir. Sou só eu com esta dicotomia, meia doida?
Sex | 07.06.24

Fui só eu?

m-M
Fui só eu que não dei por maio passar?   Como assim já vamos quase a meio de junho? Já falam em calor, em Santos, em Europeu, em praia. E eu aqui, a sentir-me em março ou o caraças...
Ter | 04.06.24

Das Bodas de Ouro

m-M
Correram bem, mas tão bem!   Foi tão bonito ver os meus pais felizes, ansiosos como os noivos que foram faz 50 anos e de novo no dia 25. Antes de arrancar para a igreja passei pela minha irmã, que nesse dia celebraria 22 anos de casada, se estivesse entre nós. Mostrei-lhe o meu vestido, os meus sapatos e disse-lhe, como todos os dias, que isto de ser "filha única" não tem piada nenhuma.   A cerimónia foi pequena, simples,bonita. Os meus pais levaram vestidos os trajes do meu (...)