Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Os Contos da menina-Mulher

Quem conta um conto, acrescenta-lhe um ponto. Estes são os meus pontos sobre saúde, culinária e lifestyle. Aqui toda eu sou vírgulas, reticências e, no extremo, pontos de exclamação ou mesmo um ponto final!

Qua | 27.03.19

Simplesmente não consigo

Peço desculpa, mas não consigo.

O mundo das bloggers é suposto der belo e cor-de-rosa, mas o meu não é.

In fact desde 2ª feira que está cinzento carregado, da cor das lágrimas gordas e da chuva pesada.

 

A minha irmã não está bem. Não está a reagir ao transplante, está cada dia mais fraca. Vive de morfina e cortisona. E não se consegue alimentar desde domingo. Ainda não temos confirmações, mas começam a preparar-nos para más notícias.

 

Simultaneamente, um membro muito próximo da família resolveu dar por terminados os tratamentos para tentar combater um cancro com o qual luta vai para dois anos. Não resultaram. E agora começa "a contagem final".

 

Para dar cabo de mim de vez... hoje o meu Snape teve uma convulsão, à frente dos meus olhos. E eu sozinha em Lisboa.

Foi para expulsar uma bola de pelo e a meio teve uma convulsão. Meu Deus o que eu chamei por ti nesse momento. Meu Deus que pensei que ia enlouquecer.

Amanhã, que o m-R já cá está, vamos de urgência para o médico fazer todos os exames que me peçam.

 

Eu, que achava estar a lidar bem "com tudo isto", que me estava a aguentar... hoje quebrei: vivo de lágrimas nos olhos e coração a mil. E medo. Muito medo, sinto que (me) morro.

Só peço ao Universo que me oiça, que não mos roube.

 

Sei que vos prometi outro tipo de textos. E sou-vos grata pelo interesse, pelo apoio, pelos sorrisos. Por me fazerem sentir parte de uma vizinhança cheia de carinho.

Se calhar, se eu tivesse mais capacidade, escrever me ajudasse a aligeirar esta nuvem de lágrimas pesadas.

Mas não consigo, simplesmente, não consigo.

22 comentários

Comentar post

Pág. 1/3