Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Os Contos da menina-Mulher

Quem conta um conto, acrescenta-lhe um ponto. Estes são os meus pontos sobre saúde, culinária e lifestyle. Aqui toda eu sou vírgulas, reticências e, no extremo, pontos de exclamação ou mesmo um ponto final!

Qua | 13.07.16

Não há nada com um Amor seguro...

Seguro e calmo.

 

Segurança, calma, companheirismo e amor. É tudo o que sinto quando penso no m-R. Quando olho para a nossa casa, o nosso gato, o nosso dia-a-dia, as pequenas e grandes coisas da nossa vida.

 

2016 não tem sido fácil.

Mas o "engraçado" é que não só continuamos de pé, como sentimos as raízes da vida que escolhemos mais fortes.

O "lado independente" da vida está difícil de conseguir agarrar...

É o meu desemprego, é "a Casa" que nunca mais aparece, são as cedências que temos que fazer para fazer o outro feliz (ou simplemente ajudá-lo).

Mas, por muito negro que o horizonte esteja... quando estou sozinha em casa (como agora), a pensar no que fazer para o jantar, a limpar a casa, a cuidar da roupa... o m-R é a "escolha" de que não me arrependo. É a pessoa sem a qual já não me vejo.

E gosto, gosto da ideia de ir envelhecendo com ele!