Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Os Contos da menina-Mulher

Quem conta um conto, acrescenta-lhe um ponto. Estes são os meus pontos sobre saúde, culinária e lifestyle. Aqui toda eu sou vírgulas, reticências e, no extremo, pontos de exclamação ou mesmo um ponto final!

Ter | 01.06.21

Leituras | O leitor, Bernhard Schlink

Esta foi a 8ª leitura do ano, um clássico do séc. XX, entrtanto já adaptado para o cinema com Kate Winslet.

 

Admito que não vi o filme, mas sempre tive o livro debaixo de olho. Pelas recomendações, pela carga social de uma Alemanha pós-grande Guerra que tenta mostrar como a 2ª geração lida com as decisões, as culpas e os medos dos seus pais.

 

É um livro pequeno, mas nem por isso "rápido de ler".

Apesar da escrita ser objetiva, direta, quase sem sentimento, mesmo quando sentimos que o que nos está a ser contado deveria estar carregado de dualidades; o autor deixa muito presente o seu lado alemão, quase frio.

Relata, explica, toca ao de leve no muito que se passa por debaixo da superfície.

Há algumas surpresas, voltas e revoltas dos personagens. Mas, na minha opinião, muito fica por contar.

E isso, a mim, fez-me ler mais devagar, para tentar perceber, ligar os pontos...

 

Fiquei com a sensação que, se escrito mais recentemente, de forma mais humana, teria, à vontade, mais 150 páginas!

 

É um bom livro de ler, de ter para perceber para além dos documentários e do que "toda a gente fala".

Espreitem-no na Bertrand, a €14, e aproveitem o desconto em cartão de leitor.

 

*post não patrocinado, mas com código de afiliada

Comentar:

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.