Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Os Contos da menina-Mulher

Quem conta um conto, acrescenta-lhe um ponto. Estes são os meus pontos sobre saúde, culinária e lifestyle. Aqui toda eu sou vírgulas, reticências e, no extremo, pontos de exclamação ou mesmo um ponto final!

Qua | 24.02.21

Leituras | A Beltraneja, Almudena de Arteaga

Ora cá está um dos livros que comprei em 2ª mão, em novembro.

Para já, fruto de querer distrair-me à hora de almoço e de querer relaxar, antes de adormecer, este é o 4º livro de 2021, e já estou no 5º, esse sim, um "especial Dia da Mulher", mas desse falo depois.

 

Ora este "A Beltraneja" é um romance histórico, passado entre Portugal e Espanha, e romantiza as lutas pelo poder e a ascensão de Isabel de Aragão, a Católica.

 

Ora, para quem não sabe, eu chamo-me Isabel, nomeada em honra da nossa Isabel, a Rainha Santa.

Esse facto faz-me sentir um enorme interesse em ler todos os livros que encontro sobre as rainhas Isabéis, do mundo.

 

Este é um livro pequeno, com menos de 200 páginas, com bom ritmo, escrito na pessoa da aia de D. Joana, A Beltraneja, filha de Henrique de Castela e Joana de Portugal, sobrinha e rival de Isabel, a Católica.

Começa com a premissa de explicar a sua conceção, e reforçar os laços de amor dos seus pais para com ela, mas... cedo o livro se perde nas lutas, invejas e traições de toda uma corte.

(Já agora, vocês sabiam que os espanhóis viam a mulheres portuguesas, incluindo a rainha, como libertinas e libidinosas?)

 

Foi um livro interessante, que li em pouco mais de 2 semanas, mas esperava mais "sumo".

Nem houve grandes passagens históricas, nem houve grandes defesas de honras - já a honra de D. Henrique, essa coitada, fica desfeita, neste livro.

Abeltraneja_bertrand

Podem saber mais sobre o livro e a sua autora, aqui.

Mas, esta obra já se encontra esgotada - recomendo-vos que a procurem em lojas online, em 2ª mão.

 

*post não patrocinado mas com código de afiliada

14 comentários

Comentar post