Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Os Contos da menina-Mulher

Quem conta um conto, acrescenta-lhe um ponto. Estes são os meus pontos sobre saúde, culinária e lifestyle. Aqui toda eu sou vírgulas, reticências e, no extremo, pontos de exclamação ou mesmo um ponto final!

Ter | 25.02.20

Experiência I 1001 Nights, Lisboa

Ora, para celebrarmos esta pequena e inesperada semana de férias, antes de arrancar de Lisboa, resolvemos manter-nos no tema da comida médio-oriental, e fomos visitar o 1001 Nights, ali na zona da Avenida de Roma.

 

Este restaurante iraniano é muito mais simples e menos pretensioso, quem entra nas galerias (muito anos 80), quase que pensa estar a entrar num restaurante comunitário, de bairro.

O ambiente familiar, à vontade e simples e o cheirinho (maravilhoso) a comidinha caseira, fizeram-nos logo pensar:

Viemos parar ao sítio perfeito para um bom jantar de relax de sexta feira à noite.

 

Começámos pelas entradas, um creme de beringela com iogurte e alho e umas falafels. Ambas muito boas, o creme realmente muito bom e temperado; as falafel muito saborosas, mas um pouquinho secas - e os molhos que as acompanhavam (de manteiga e de tomate e pimentão), pouco valor acrescentavam, talvez por as falafel serem mesmo saborosas...

Seguiu-se o frango frito no forno com molho de romã e arroz com açafrão, para mim e o mix de kebabs para o m-R, este também com arroz de açafrão.

O meu frango estava muito bem cozinhado, suculento, mas pouco temperado. Conjugava muito bem com o molho agridoce de romã Caseiro, mas eu teria preferido um toque (pequenino) mais de sal no frango, para sentir um pouco mais de contraste nos sabores do salgado com o doce... Já o mix do m-R, diz ele, estava fantástico - é um prato que vem estupidamente bem servido, custa 20 euros, sim, mas teria dado bem para nós os dois, nós é que não sabíamos - fica a dica!

 

Como era sexta-feira, e eu preciso de pesquisar para as minhas "Treat Friday like it's your dessert", lá no Instagram, para finalizar, pedimos um gelado típico iraniano, de mel, baunilha epistácio, que era muito saboroso, mas cuja textura estava mais próxima de um sorvete do que de um gelado cremoso. Muito bom, mesmo, levezinho, para sobremesa, e que soube muito bem, tendo em conta que, na passada sexta fira estavam 17ºC às 22 horas...

 

Resumindo: é um restaurante simples, sem manias, decorado como um café de amigos e que se nota que quer trazer detalhes culturais, mas sem chocar com a nossa cultura. Os funcionários são muito simpáticos, mas a língua principal é mesmo o inglês se queremos todos entender-nos.

A comida é totalmente caseira, bem confecionada e saborosa, "falhando" mesmo nos mesmos detalhes que nos falham em casa: um bocadinho de sal aqui, uma textura acolá...

Com tudo a que tivemos direito (entradas, bebidas, pratos, pão típico, sobremesa e cafés) a refeição ficou por 45 Euros, o que faz do restaurante acessível, mas teria sido ainda mais se soubéssemos do tamanho das doses, pois assim só teríamos pedido um prato, e teríamos feito "a festa" por menos de 38 euros, os 2.

Para mim, é um restaurante 4/5, com espaço para crescer e melhorar, mas que definitivamente merece a visita, até para que se possa apoiar um projeto novo e pequeno, com tantos traços culturais.

Recomendo.

 

1001 Nights Restaurante Iraniano Menu, Reviews, Photos, Location and Info - Zomato

*post não patrocinado, mas com oferta da minha parcela da refeição pelo estabelecimento

2 comentários

Comentar post