Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Os Contos da menina-Mulher

Quem conta um conto, acrescenta-lhe um ponto. Estes são os meus pontos sobre saúde, culinária e lifestyle. Aqui toda eu sou vírgulas, reticências e, no extremo, pontos de exclamação ou mesmo um ponto final!

Sex | 13.03.20

#coisasboasà6ªfeira | Experiência | Arribas Hotel Terrace Restaurante, Sintra

No sábado passado, antes do país "descambar" e eu ter entrado em isolamento social, por prevenção - e recomendação laboral global, ainda fomos aproveitar a tarde de Sol e calor a Sintra.

 

Foi um regressar, porque o Restaurante do Arribas Hotel foi um dos primeiros restaurantes a que o m-R me levou, quando me mudei para Lisboa, vai fazer 6 anos (já?!).

Na altura tinham um menu de degustação de pratos de peixe que ficava a €20 por pessoa (sem contar com as bebidas) e era muito bom. Tão bom que em ano e meio os visitamos 3 vezes, incluindo num aniversário de Sogrinha.

Mas, com os anos, e tanto bom restaurante e o facto de Sintra ficar meio que longe, deixámos de lá ir.

 

Este sábado ele lembrou-se porque ficam a caminho do BricoMarché, onde andamos a ver dos materiais para fazer obras na sala... e voltamos.

E ainda bem! Eu passo a explicar: eu jurava a pés juntos que não gostava de açorda - adoro migas, mas não açorda, por ser empapada e "embolar" na boca...

E depois esta menina passou por nós, a caminho de outra mesa... eu ia com a ideia de comer outro prato de peixe, mas babei de tal forma à passagem da açorda para a outra mesa, que "me benzi" e fui com tudo.

 

Nem 15 minutos depois a nossa açorda de camarão para 2 estava na mesa, acompanhada de um bom vinho branco da zona de Colares... e plim! Passei a gostar de açorda! 

Esta chegou bem sequinha, bem fornecida de camarão e gambas, com um caldo pouco líquido e muito saboroso a mar e a fresco. E, com poucos coentros (dos quais eu não sou fã!), algo que é muito raro na zona de Lisboa... O "pão recheado de açorda" vinha tão bem cheio que deu para cada um de nós repetir 2 vezes. 

Fechamos a refeição com uma fatia de bolo de mousse de chocolate 70%, a dividir pelos 2, e que também estava muito boa, no ponto de doce, nada enjoativa, nem "rica" demais como consegue ser o chocolate com níveis mais altos de cacau.

 

Resumindo: é um restaurante de hotel, com esse mesmo tipo de atendimento, mas sem "salamaleques" a mais. Ao fim de semana, a cozinha (que estava aberta para todos vermos, o que transmite muita confiança!) está aberta até às 15 horas e permite almoços mais tardios. A sala é clássica mas ampla e com uma vista fantástica para o mar.

A açorda vale todos os elogios e uma visita! Há quem os visite à espera de gourmet mas cá para mim, ficam abaixo do "rótulo" para o bom e para o mau, servem para tornar o ambiente e a restauração de hotel acessível para de vez em quando.

A refeição, com couvert, vinho, prato para 2, sobremesa a dividir e café no final ficou por €55 para 2 pessoas, um valor muito acessível para o tipo de restaurante que é, e a qualidade que nos apresentou.

Rapidamente me recordei porque fomos assíduos! Para mim, continua a ser um 4,5/5, mesmo ao fim de todos estes anos. Esperemos que não volte a demorar 4 anos a lá voltar.

 

Restaurante Terrace - Hotel Arribas Menu, Reviews, Photos, Location and Info - Zomato

*post não patrocinado

Comentar:

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.