Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Os Contos da menina-Mulher

Quem conta um conto, acrescenta-lhe um ponto. Estes são os meus pontos sobre saúde, culinária e lifestyle. Aqui toda eu sou vírgulas, reticências e, no extremo, pontos de exclamação ou mesmo um ponto final!

Qui | 21.03.13

Os homens são de Marte

... E as mulheres de Vénus. E nós provamos isso.

Ando em baixo, desmotivada, só tu me fazes contar dias - ok, tu e a "Cristina" e a S. e a minha família e os quadrixanos, mas vamos voltar à lamechice.

Dias e horas, e olhar para o calendário e planear e querer.

Sabes que tenho andado em baixo e mesmo assim partilhas a vida comigo, os teus medos e nervos, as tuas alegrias e esperanças - no teu lado masculino estás só a pedir ajuda e conselhos; eu acabo por me sentir útil, no meio de todo o resto que me deita abaixo.

E em dias como o de ontem, senti-me a chamar por ti, ao longe. Brinco durante o dia, mostro que me lembro, dou-te todo o meu carinho, para que sintas que é verdadeiro, para que não te voltem a deixar sem respsta, para que desta vez percebas; tu lá vais respondendo e mostrando-te um pouco mais (sem exageros, que nem somos daqueles "casalinhos cola"). À noite, esperaste por mim e ouviste-me (notei mesmo que eu fui a "importante" ali?) e deste-me as boas noites, com a palavra de todos os dias, em alto e bom som, pela casa - parece que agora já podemos, não é?

Hoje já estavas a "piscar" quando abri os olhos ensonada, vamos falando durante o dia e quando fico a pensar nos monstros maus que me assolam... tu mostras-me que estás a caminhar ao encontro de mais um momento nosso, e brincas comigo e fazes-me sorrir.

Fazes-me sorrir, no meio deste aperto no peito, por segunos, e aí uma luz acende-se na minha mente enevoada: nós andamos (quase) sempre em paralelo, mas em ritmos tão diferentes. Já me mostraste isso tantas vezes e eu, que ainda não me habituei? (silly me) Dás saltos maiores que os meus, se formos a analisar, eu é que me assusto e deixo-me levar pelo teu passado e fico presa à ideia que a "história se repete".

Sabes que mais? Não repete, porque desta vez, estou-me a comportar de maneira diferente. Esqueço-me tanto que fui andando em frente - até arriscar, para ir ao teu encontro.

Os Homens são mesmo de Marte e as Mulheres de Vénus. Eu é que ainda sou menina-Mulher.

Comentar:

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.