Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Os Contos da menina-Mulher

Quem conta um conto, acrescenta-lhe um ponto. Estes são os meus pontos sobre saúde, culinária e lifestyle. Aqui toda eu sou vírgulas, reticências e, no extremo, pontos de exclamação ou mesmo um ponto final!

Qui | 05.09.19

Receita | Panquecas rápidas (no liquidificador)

Se forem pesquisar ao arquivo... já tenho umas 2 ou 3 receitas de panquecas aqui no blogue.

Pois é... a paixão começou em 2017, quando percebi que fazer panquecas em casa podia ser bem simples e rápido.

Agora, é o meu miminho de pequeno-almoço, para dias especiais.

 

Ora, tendo o meu G. em casa a passar férias, e sabendo que ele adora... fui à net procurar uma receita mais rápida e sem ser tão fit como as de aveia e banana, que o miúdo não liga tanto a isso...

 

E cá está ela: Panquecas rápidas, tudo no liquidificador:

  • 1 chávena de leite vegetal
  • 1 ovo inteiro
  • 1 chávena de farinha de trigo com fermento
  • 2 colheres de sobremesa de fermento
  • 1 pitada de sal
  • 2 colheres de sobremesa de açúcar amarelo

 

Primeiro entra a farinha e o fermento, o sal e o açúcar, como ingredientes secos; depois o ovo e o leite e é só pulsar no liquidificador até a massa fazer bolhinhas.

Depois coloquei meia concha de massa numa frigideira anti-aderente com um pouco de óleo vegetal. As panquecas estão prontas a virar quando a massa faz bolhinhas.

 

Para o nosso último pequeno-almoço de férias disponibilizei como toppings: manteiga de amendoim com pedaços, banana, maple syrup Bio do Aldi (que estava em promoção e é bom mas bom!!!!) e doce de leite com chocolate.

 

Recomendo como ponto de partida para o fim-de-semana! 

(Estavam tão boas e fofinhas que nem há foto, sorry!)

Ter | 03.09.19

Compras online | Micolet

Vocês sabem como eu sou.

Chega setembro e... é a única altura do ano em que penso em "presentes de mim para mim".

Afinal de contas, faço anos, 

 

Maaas, como sabem, sou #pelintra4ever e cada vez mais tento ser consciente e pouco impulsiva quanto ao que quero (e preciso) de comprar.

 

Nos últimos meses fui-me cruzando com publicidade da Micolet no Instagram. E devo dizer: é este tipo de loja que mais me cativa atualmente: online, reutilização de peças (roupa e acessórios em 2ª mão), bons produtos a preços acessíveis. Se é para comprar, 'bora pensar um pouco mais à frente e ser conscientes no que consumismos.

Sim, o consumismo consciente pode parecer uma moda, mas esta, meus queridos, esta eu vou seguir!

É verdade que não me fascino por marcas caras, mas, se as consigo a "pr€ços amigos da cart€ira": venham eles! Especialmente tendo em conta um dos pontos fortes da Micolet (a meu ver): podemos ter acesso a peças que já foram de atrizes, de figuras públicas, de influencers, sempre com descontos acima dos 30%.

Dá para me sentir especial, estrela féxon, sem aumentar o consumo fast-fashion, de peças que se usam uma vez porque são "tendência".

 

Este ano, vou ser sincera, não soube responder à pergunta milenar feita por família e amigos: 

O que queres para os teus anos? 

 

Ora... pessoalmente prefiro sempre trocar o "querer" pelo "precisar". Para além disso... fico sempre constrangida de pedir presentes.

Mas até que preciso de duas coisinhas...

 

Então, comecei as minhas pesquisas. Aproveitando a publicidade da Micolet, cliquei e visitei o website na passada 2ª feira, logo pela manhã - porque prometem produtos novos, todos os dias, logo pela manhã. 

As escolhas para me presentear este ano?

Uma nova mala para o dia-a-dia e uns óculos de sol. Procurei modelos intemporais, nada e "o que se usa agora", mas sim peças em que me revejo.

As minhas malas agora têm que ser pequenas, devido à minha hérnia, e encontrei muita escolha. O que, vamos ser sinceros, na nova coleção, não está a ser assim tão fácil, nas lojas físicas.

E cá está, mais uma vantagem que encontrei ao clicar nas publicidades da Micolet: ter acesso a peças que me pareceram interessantes em coleções anteriores, mas que agora já não se encontram. Lá há de tudo!

Quanto aos óculos de sol... eu só comecei a precisar de óculos de sol quando me mudei para Lisboa... e os que tenho já estão "velhinhos" (largos e riscados). Dentro do meu orçamento ainda encontrei alguns pares, de marcas boas, e novos, com caixa.

 

A minha encomenda chegou ontem, mesmo a tempo de poder estrear as pecinhas no meu dia. 

Querem que vos mostre as minhas escolhas?

 

Pág. 3/3