Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Os Contos da menina-Mulher

Quem conta um conto, acrescenta-lhe um ponto. Estes são os meus pontos sobre saúde, culinária e lifestyle. Aqui toda eu sou vírgulas, reticências e, no extremo, pontos de exclamação ou mesmo um ponto final!

Ter | 25.09.18

Lutar, fora de nós mesmos

O "resultado" chegou na 6ª feira.

Eu, que tanto badalo as #coisasboasà6ªfeira, não tive direito à mais importante.

6ª feira, para fechar o dia, fiquei a saber: não sou compatível com a minha irmã. A minha medula não "serve" para a salvar.

 

De novo iniciou-se uma onda nas redes sociais, de mais divulgação, de carinho e preocupação.

E são estas palavras que marcam os meus dias.

A luta continua, fora de mim.

Não há outro remédio.

 

A minha irmã entrou na 6ª feira na lista internacional de dadores de medula, e agora esperamos o "sinal", a "chamada".

Está a transfusões para aguentar até lá.

Está de baixa por incapacidade até ao transplante.

E, graças a Deus, sabe lá vindo de onde, ouve-se um toque de esperança na voz dela. (deve ser essa a força hercúlea que os filhos dão...)

 

Na minha voz?

Ouve-se "incompetência", ansiedade, revolta.

E uma enorme vontade de sair por aí... a "roubar" medula a toda a gente!

 

Mas vamos conseguir.

A luta continua, mesmo que fora de nós!

 

Deixo-vos todas as informações, para partilharem, para ajudarem - e mais sobre onde fazerem a inscrição, a nível nacional: