Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Os Contos da menina-Mulher

Quem conta um conto, acrescenta-lhe um ponto. Estes são os meus pontos sobre saúde, culinária e lifestyle. Aqui toda eu sou vírgulas, reticências e, no extremo, pontos de exclamação ou mesmo um ponto final!

Qui | 12.03.15

...

Foste o único a, alguma vez nestes quase 3 anos, me teres feito pensar no futuro com o m-R.

O único a me ter conseguido fazer questionar com quem passar o Futuro.

Foste o único, para além dele, a fazer-me sentir ciúmes, a apoiar-me sem questões, a roubar-me um beijo.

Tudo entre nós foi dito e deixado às claras, em nome de uma das amizades mais importantes que me és. Que te sou.

Durante algum tempo perguntei-me se te apresentar o m-R e a pessoa feliz que sou com ele, seria correto para ti.

E aconteceu. E vocês dão-se tão bem. Tão bem que fico feliz e triste ao mesmo tempo.

Com os 2 na mesma sala sinto-me protegida de todos os bichos papões do mundo.

Sei que foges de mim, porque o timming foi errado, porque não te correspondi quando esperado, porque talvez te doa a minha felicidade romântica.

Eu tento fugir-te exatamente pelos mesmos motivos. E pelo extra de não te querer magoar.

E mudei-me.

E tu mudaste-te para cá.

Já entraste na "nossa" casa recebido como era em "minha casa". E depois daqueles 2 minutos em que só nós os 2 é que sabemos... tudo encaixou.

Como sempre. Como nós.

310 km não nos separaram. A estranheza dos maus timings não nos separaram. O descobrir novas vidas não nos separa.

O m-R une-nos.

Se calhar, nascemos para viver por perto um do outro.

Não nos papeis românticos, nos papeis que tanto tu como eu chegamos a considerar, em tempos diferentes.

Mas no papel de anjo-da-guarda melhorador da personalidade um do outro.

Sou mais feliz sabendo-te aqui. Partilhando a felicidade que (te) pode doer. 

E tudo o que te disse ontem é verdade: tudo o que quero é ver-te feliz. Fazer-te sorrir. Olhar para ti e (re)conhecer o rapaz feliz e esperançoso que me apresentaram vai para 3 anos. Tudo o que quero é que sintas que, por mim, não voltas a ficar sozinho.

Porque, passe o tempo que passar, e aconteça o que acontecer, não te esqueças: foste o único a, alguma vez nestes quase 3 anos, me teres feito pensar no futuro com o m-R.

 

10 comentários

Comentar post