Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Os Contos da menina-Mulher

Quem conta um conto, acrescenta-lhe um ponto... Aqui toda eu sou vírgulas, reticências e, no extremo, pontos de exclamação ou mesmo um ponto final. Parágrafo!

Objetos de desejo - FÉRIAS!

Aaaah férias!

Já não conhecia este cheirinho, este ritmo, esta expectativa boa há demasiado tempo...

E, enquanto estou aqui, à espera que me façam baínhas em roupas para levar amanhã a passear... perco-me a sonhar tooooooda uma outra mala de férias.

Não sei se é de ter o Spa e a beira-mar à minha espera... ando com uma panca por este tipo de toalhas.

Gostam?

Moodboard #FÉRIAS

Hoje, dia de aniversário do meu Avô-anjo (faria 87 anos, se ainda estivesse connosco...), hoje, que acabei de entrar de férias. Hoje, mesmo chateada com voltas da vida e atitudes pequeninas... hoje o foco é um e só um: férias.

 

 

Volto ao ritmo "normal" no dia 2 de maio... entretanto vou publicando umas coisitas até dizer ti jei a Lisboa, na 4ª feira

Bom fim-de-semana péssuaú!

É só a mim que me está a custar horrores?

Cada dia a menos na "contagem" para as férias, me custa mais estar focada no trabalho

Acho que é de ter o SPA e a piscina a chamar por mim. Acho que é de saber que vou para o Norte. Acho que é de ir passar 3 dias a um hotel daqueles assim "de trás da orelha", como nunca fui.

Isso e os meses de 2017 estarem a ser "a matar" e ainda andar a lidar com alterações e tentações a nível profissional...

(também não é a este nível... tenham calma, que nós AINDA não ganhamos o A€uriomilhões )

 

Digam-me que não é só a mim que custa horrores trabalhar, antes das férias...

Mas caraças! Um ano e um mês depois das últimas... já merecemos, não?

Ainda há quem se vista "para ir à Madrinha"?

Eu sei que sou Millennial e tal, mas a verdade é que os meus pais não são.

Não posso dizer que tenha uns pais modernos e cool. E isso resulta em, mesmo sendo todos de esquerda, os meus pais têm uns laivos de conservadorismo e respeito pelas "classes" que já não se enquadra com os hábitos de muito boa gente.

 

Eu apercebi-me (ainda mais) disso no Domingo, quando aproveitei a oferta da Romwe e, sendo Páscoa, "me vesti como se fosse visitar a Madrinha".

Alindei-me, pus os meus assessórios (já vos tinha mostrado o meu relógio da Watxandco., prendinha de Natal?), conjuguei os detalhes e aproveitei o facto deste vestido ser fininho (e semi-transparente ) e lá fui eu aproveitar o último dia do fim-de-semana prolongado.

IMG_0937.JPG

IMG_0939.JPG

(eu sei... estou a precisar de retocar o corte de cabelo já vou tratar disso na próxima semana )

 

Este vestido faz muito mais o meu género do que este. Também é um M, mas já me assenta bem por todo. Cuidado é que à frente é bem curtinho! A cor é muito mais escura do que no website, sendo que só ao sol é que tem laivos de azul, mas não diz o ditado que "com um vestidinho preto, eu nunca me comprometo"? O detalhe dos fechos é muito giro, faz toda a diferença neste vestido! E, já o estou a passar para colocar na mala para as férias (T-2 dias!!!!) - digamos que a mala das férias vai ser: vestidos + vestidos + vestidos + sapatilhaaaaas!

E já viram? O pessoal da Romwe é 'miguinho e está com esta peça a um ótimo preço!!! É aproveitar e resgata-lo para vir fazer parte dos vossos armários para a mudança de estação

 

Aaaah e já viram o profissionalismo do m-R? Conseguiu tirar fotos em que mal se notam as 15 picadelas nas pernas. Este moço está a virar pro!

 

Agora digam-me vocês, de vossa justiça?

Dos autifites da Páscoa, qual ganhou? Este ou o de hoje?

Novidades de Páscoa - powered by SheIn

Todos os anos dou a escolher ao meu afilhado: Páscoa juntos OU aniversário juntos?

O meu H. foi esperto que nem um rato: nasceu no dia anterior a um feriado. Por outro lado, não foi assim tão esperto: nasceu sempre coladinho à Páscoa.

Aos 6 anos confirmou (que eu, como Madrinha já suspeitava), não querer seguir os ensinamentos religiosos e eu assenti. Porque foram exatamente os meus padrinhos que me afastaram da religião com a sua beatice e o sentimento de obrigação por detrás da religião.

Assim sendo, este ano, como o faço, especialmente desde que me mudei para Lisboa, perguntei ao H.: Páscoa ou aniversário?

Do outro lado do telefone ouvi o esperado: Os meus anos, claro!

E desta feita, este ano a Páscoa foi passada na Terrinha, a celebrar os 82 anos da avó do m-R. Com muito gosto!

Levamo-la a passear a uma das suas cidades favoritas: Caldas da Rainha, que eu nem conhecia!

 

E acabei a dar graças por ter levado o meu novo vestido da SheIn a passear, pois o Jardim das Termas é lindo e o dia estava maravilhoso! Agora percebo porquê que uma "avó" como a do m-R, calminha e caseira, está sempre a falar da cidade com um brilhozinho nos olhos

 

Et voilá, o look de feriado. O vestido é um M, mas é um pouco largo, ou seja, para me servir nos ombros (tenho os ombros largos, cortesia de 13 anos de natação) ficou largo pelo resto do corpo, mas tem bolso (o que eu acho sempre fofo num vestido) e o detalhe das mangas é super fofinho! Reconhecimento ao m-R que ainda conseguiu apanhar a minha tattoo menos favorita a espreitar!

IMG_0925.JPG

 

IMG_0930.JPG

Recomendo este vestido exatamente para esta época, a mudança de estação, mas acredito que fique melhor a meninas com menos anca do que eu - sim, eu tenho espelhos em casa

 

E vocês? Que me dizem?

 

Fim-de-semana prolongado, eu vou-lhi usá!

Nada como ter um fim-de-semana prolongado, mesmo antes de termos metido férias. Nunca tinha feito isto e, no fundo, apercebo-me que é quase como fazer um estágio, à la jogador da bola.

 

Confesso (e isto não é nada meu hábito, mas os anti-histamínicos levam a melhor...), não desfiz a mala, desde que cheguei, há 3 dias. Simplesmente porque vai ser um caso de trocar as peças de roupa por ainda mais vestidos e calções e blusas e sair, porta fora , rumo a 3 dias numas férias em hotel 4*, como nunca tive (nada como, graças ao trabalho, encontrar uma super pechincha para ser ainda mais pelintra!).

 

E o Universo realmente junta-se para me presentear, numa tentativa de me levantar o espírito.

Chagaram estas duas encomendas (se não conseguirem perceber bem as fotos, cliquem para aumentar, o meu Iphosga-se está a dar as últimas e nota-se bem pela camara), que vão direitinhas comigo, passear - e sim, serei a rapariga das pernas "assassinadas" por picadas de melgas, mas oh Teresa, isso agora não interessa nada!

17637231_782119698607484_5419982083465682251_o.jpg

 (Saldos!!!)

17880256_785978491554938_7670868402134339636_o.jpg

 (Ofertasss!!!)

Trago muito dos últimos dias...

A viagem de trabalho correu bem.

Os dias foram cheios, mas deslizaram, passaram-se bem. Na dinãmica habitual de quem se "enfia", 9 a 12 horas, por dia, num evento.

O sol voltou, o calor voltou e, juntos, resultaram em 4 dos mais bonitos fins de dia/entardeceres que já vi.

 

Muito trabalho, dias de 10 horas.

Um hotel tão bom que vamos lá regressar, em lazer, em breve (muito breve!). Pequenos-almoços que aproveitei ao máximo e que fizeram o lugar do almoço TODOS os dias.

Muitas pessoas, muitos sorrisos, muita voz colocada. E o saber que auxiliei o meu local de trabalho, ainda mais do que imaginava, que me dessenrasquei sempre e que o mal-estar "adormeceu" nestes dias - nada como fugir à rotina, né?

E mais uma blogger/fã que me foi conhecer.

 

Eeeeeee...

Muitas, MUITAS melgas e bicharocos voadores, que gostam de calor!

Poucas horas de sono, o corpo cansado e uma crise alérgica causada pelas picadas.

 

Trago muito, muito destes últimos dias, mas perdoem-me... o que me salta à memória são as 24, VINTE E QUATRO picadas de melgas... às quais fiz alergia!

Descobri que sou um doce de menina e que as melgas têm uma preferência louca pelo lado direito do meu corpo - terei sido atacada por melgas de centro-direita? As Passos Coelhos e Portas da melgada?!

Tanto que estou a trabalhar de casa, acompanhada de anti-histamínicos e pomadinha calmante...

 

Agora, desculpem-me... vou só ali cosar a minha perna

Mais uma voltinha, mais uma viagem...

E lá vou eu arrancar para mais uma viagem de trabalho.

Desta feita, uma apresentação pública, de 4 dias, a diferentes públicos, com diferentes projetos.

A ver vamos como corre - digo-vos, não vou com enormes expectativas... desde que nos dêmos todos bem, o quarto para dormir seja jeitoso e o pequeno-almoço seja bom, já dou os dias como positivos...

 

Domingo à noite devo estar de volta a casa (devia ter metido 2ª feira como folga e esqueci-me... ).

Valha-nos que dizem que vai estar bom tempo... e isso nestas apresentações vale pela vida!!!

E que quando voltar ficam a faltar 11 dias para as férias! 

Pelo que sei, o meu acesso à internet vai ser praticamente nulo, por isso, confesso já: algum post que aqui apareça é agendado, sinhores e sinhoras!

Espero que tenham muitas saudades minhas 

 

P.S - Caso estejam a morrer de saudades, espreitem também o Facibuqui aqui do blogue, sempre consigo dar mais sinais de vida por lá 

Algo vai mal no reino da "Dinamarca"...

Devido a problemas de saúde (alergias e intolerâncias alimentares) fui obrigada (pelos médicos) a fazer uma dieta proibitiva, muito rigorosa, durante 3 anos da minha infância.

Durante 3 anos comi os mesmos 6 alimentos, cozinhados da mesma forma, nos mesmos pratos. Era-me permitida "uma asneira" por MÊS! E era certinho, direitinho, que no dia seguinte estava pior.

 

Não é de admirar que, por um lado, a minha estrutura corporal tenha ficado marcada por isso - tenho uma cara magrinha e esticada, por "natureza" e, até há 3 anos, ficava com um ar emaciado, mal perdia mais do que 3 kgs.

 

Entretanto, com a mudança para Lisboa e várias alterações de saúde, mais do que engordar (5 kgs), ganhei volume, xixa, gordurinha...

Pelos motivos das alergias e intolerâncias, comecei a re-educação alimentar de que, volta e meia, faço aqui no blogue. Tornamo-nos flexitarianos, lá em casa. Regressei ao yoga, começamos a fazer caminhadas... mas a verdade é que, ao contrário, de muitos testemunhos na net, não perdi kiiiiilos, ou volume.

Perdi e tenho lutado para manter, estes resultados. Pouco mais consegui do que isso, nos últimos tempos.

 

Quando, aos 13 anos, me deram carta para comer "normalmente", outra vez, prometi a mim mesma que não iria entrar em dietas malucas, proibições fundamentalistas e sofrimento por causa da comida. Sabe Deus o quanto enjoo só de pensar naqueles 6 alimentos que comi, "sem fim", todos os dias...

 

Mas a verdade é que, ontem, dei por mim num raciocínio muito perigoso: percebi que, nesta semana fora, me tenho limitado, controlado e pior, quase culpado, no que como.

Sopa a TODAS as refeições, salada em TODAS as refeições (e duas refeições foram mesmo apenas e só salada), carnes só grelhadas e no forno, peixe... e muito pensamento no processo de comer sobremesa (em refeições de trabalho, pelo menos com este grupo, faz muito MUITO parte do processo), ao ponto de, ontem ao almoço, me ter sentido culpada enquanto comia o raio da sobremesa...

 

O tempo, o meu corpo, a minha genética lembram-me que não vou emagrecer do dia para a noite, que não há milagres, mesmo havendo esforço. Mas nunca, nunca me imaginei culpada por comer um raio de um doce.

E (pensem o que quiserem desse lado, riam-se, gozem-me, insultem-me, fechem a janela...) estou preocupada com isto. Não me sinto bem, comigo mesma.

Como é que se nota que estou fora em trabalho?

Fácil, muito fácil: eu raramente tomo café (quem segue o blogue há algum tempo sabe, in fact, que tenho é uma enorme panca por chá...), até porque eu "uso" o café para potenciar a medicação quando tenho enxaquecas...

 

Ora, estou fora de "casa" há 48 horas (e ainda faltam mais 24 horas...) e hoje, só hoje, já emborquei DOIS cafés.

Um ao pequeno-almoço e um agora ao almoço (sim, agora, que nós fomos almoçar já passava das 14h). E só vos posso dizer, o último estava mau que doía. Amargo e torrado como só ele :blhérc:

 

Espero bem que o cafézinho me ajude a suportar as reuniões técnicas da parte da tarde, a net fraquinha, fraquinha aqui do sítio e as temperaturas bipolares de Mogadouro...

Que hoje é "o dia difícil" deste périplo e eu já morro de saudades de casa...

 

Mas, nem tudo é negativo:

  • descobri uma casinha de Turismo Rural para onde quero "arrastar" o m-R: a dona da casa tem tudo num primor, o pequeno-almoço é tão caseirinho que parece ter sido feito pela nossa avô e, no Verão, têm uma piscina inserida no meio da paisagem! <3
  • descobri que tenho uma "enorme" base de fãs em Mogadouro! Quem diria, hein? :D

 

[Aaaah! Já passaram no Faicibuqui? Há passatempo com mais 6 meninas, lá na página.]