Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Os Contos da menina-Mulher

Quem conta um conto, acrescenta-lhe um ponto... Aqui toda eu sou vírgulas, reticências e, no extremo, pontos de exclamação ou mesmo um ponto final. Parágrafo!

Re-educação alimentar: a minha experiência

Agora que se aproxima o 1º aniversário das grandes mudanças alimentares, e de hábitos... partilho aqui convosco "os resultados" e a "minha verdade" - coloco entre aspas exatamente para destacar o lado pessoal e variável do que vou partilhar; um bocadinho para que tenham acesso a um post pessoal, mais do que a um post de dicas, evangelização, milagres ou "olha para o que eu digo, não olhes para o que eu faço...

 

Passos dados:

  • quase 3 meses sem fumar
  • 2 a 3 refeições vegetarianas, por semana
  • apenas consumo carnes brancas
  • aumento do consumo de peixe de 20%
  • aumento do consumo legumes de 70%
  • aumento do consumo de frutas de 30%
  • decréscimo do consumo de laticínios de 40%
  • consumo apenas leites vegetais
  • 40 minutos a 3 horas de exercício por semana
  • 1 a 2 litros de água consumidos, por dia, desde março

 

Resultados?

» Facilidade em respirar, menor ocorrência de câimbras. Menos apetite.

» Dificuldades em dormir, mais dores de cabeça/enxaquecas. Mal-estar quando consumo carnes vermelhas. Dificuldades de digestão sempre que consumo algo "fora do habitual" (socialmente) que demoram cerca de 2 dias a regularizar.

» Pouca perda de volume e nula perda de peso.

 

Ou seja, não tenho a "sorte", o metabolismo, a genética... de estar a conseguir resultados fabulosos... mas noto sim o corpo a queixar-se sempre que abuso.

Tenho dias sim em que desmoralizo por não me sentir a melhorar, o pneuzinho continua aqui, e tem dias em que parece maior. Já nem me peso, que é para não ter vontade de procurar uma ponte, para dela me atirar...

Maaaaaas depois penso que as minhas análises estão melhores! Nada de colesterol mau, valores relacionados com anemias e relacionados bem saudáveis. Este verão vou reforçar as análises para afastarmos o monstro dos problemas de tiroide (que esses sim, são genéticos) e que, com a flutuação de peso, me começam a preocupar...

 

Próximos passos?

  1. Aumentar o consumo de água para os 1.5 litros, por dia - constantes
  2. Diminuir o consumo de açucares (em casa)
  3. Voltar às caminhadas e corridas semanais
  4. Retomar os 30 minutos (2x por semana) de elíptica.

Não tenho uma super história de sucesso e um killer body para vos mostrar (muito pelo contrário, que os 30s não me perdoam, de todo!), mas não quero esquecer estes números - que um dos meus problemas é não celebrar as minhas pequenas metas, e quero mudar isso!

 

  • 38 comentários

    Comentar post

    Pág. 1/2