Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Os Contos da menina-Mulher

Quem conta um conto, acrescenta-lhe um ponto. Estes são os meus pontos sobre saúde, culinária e lifestyle. Aqui toda eu sou vírgulas, reticências e, no extremo, pontos de exclamação ou mesmo um ponto final!

Ter | 05.12.17

#énatalénatal!

m-M
Como é que sabemos que está a chegar o Natal?Fácil! Basta fazer uma visitinha aos CTT para começar o dia... Primeiro: a alfândega agora "prende" tudo o que pode e pede quase 40% do valor da encomenda para desalfandegar - devem ter ficado sem o bónus de Natal e vão ao nosso bolso... Segundo: é ver o que já para aí vai de pessoal a enviar encomendas para os familiares e amigos que estão longe. Caixas, caixinhas e caixotões!Euzinha vou tratar disso, para a semana. Ele é o
Sex | 01.12.17

3 meses de gym | revisão da "matéria dada"

m-M
(Esta é a *enorme* coisa boa, desta semana)3 meses - mais ou menos 100 dias depois, cá estou eu. (Isa, oh eu a fazer-te shade )Uma pessoa "nova" desde o regresso à vida de ginásio. Consegui manter o meu foco: treinar (quase sempre) 3x por semana.Não fiquei a vegetar e a fazer gazeta no sofá uma única vez, mesmo com a chegada do frio!Já consigo fazer partes das aulas sozinha e já só "uso" aula de PT uma vez por semana - o que a (...)
Qui | 30.11.17

Dióspiro de "roer": uma mistura estranha

m-M
O Carlos inspirou-me a ter (também) a minha primeira vez... E foi... estranho.Um dióspiro de "roer" (ou de "rilhar", como dizem no Norte), é uma fruta da qual fugi durante anos!Eu que já fui viciada pelos dióspiros moles/de prato... comi tantos que os enjoei. Hoje em dia tenho arrepios só de os ver ou de os cheirar. Mas li o texto do Carlos, no dia seguinte fui fazer as compras do mês, (...)
Ter | 28.11.17

Um Natal menos consumista, por favor!

m-M
Hoje, a minha decisão de ser menos consumista está-me a "bater forte". Em conversa com uma amiga do coração e com o meu bff, percebi que isto de este ano não ter desejos, nem necessidades que se possam resolver com "lembrancinhas" é mesmo um momento diferente na minha vida. Não tenho grandes desejos porque estou a viver uma dicotomia pessoal:não me falta nadanão quero nada, porque a minha auto-imagem está tão baixa, que rosno à simples ideia de gastar dinheiro em mim. Necess (...)