Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Os Contos da menina-Mulher

Quem conta um conto, acrescenta-lhe um ponto. Estes são os meus pontos sobre saúde, culinária e lifestyle. Aqui toda eu sou vírgulas, reticências e, no extremo, pontos de exclamação ou mesmo um ponto final!

Qua | 02.08.17

De volta ao ginásio!

m-M
Pois é... depois de 5 anos... regresso hoje ao ginásio. Não sei o que me espera. Sinto-me tão nervosa como se fosse o 1º dia de aulas. Cheia de medo de não gostar e/ou de não gostarem de mim.   Mas há que ter "dois dedos de testa": as caminhadas/corridas não me motivaram o suficiente e há meses que não as faço. E, tendo problemas de mobilidade... não consigo, "simplesmente", pegar nos vídeos da net e fazer eu sozinha em casa. Tenho demasiados problemas de postura e (...)
Seg | 31.07.17

10 anos depois, o que é ter uma licenciatura?

m-M
10 anos depois, o que é ter uma licenciatura?Faz hoje 10 anos... era uma pequena menina com uma licenciatura (Pré-Bolonha, só de escrever isto sinto-me ainda mais velha).E então?, perguntam-se vocês? É habitual, é corriqueiro.Poderá ser, mas, lá em casa fui a 1ª (o orgulho do meu avô!), e única, até agora. Na família direta fui a 2ª no total.Entrei na minha primeira opção, com média para "dar e para vender", mas cedo descobri que o tema fulcral da minha licenciatura não (...)
Seg | 24.07.17

Quando um objeto nos representa

m-M
Só falo disto esta semana, porque, aqui entre nós, estive a digerir este adeus.   Olá. Eu sou a m-M. E apercebi-me que o meu patrono é uma carro. Sim, sou uma gaija e hoje, quase 10 anos depois, percebi que a minha alma era representada, materialmente, pelo meu carro. Pelo meu Micrinha azul petróleo.   Quem havia de dizer... que naquela noite de fevereiro, há 9 anos e tal, quando esvaziei as minhas poupanças e comprei o meu 1º e único carro... estaria a fazer um amigo, uma (...)
Sex | 21.07.17

As wishlists não servem só para fazer publicidade

m-M
Amanhã tenho um jantar de aniversário. No sábado seguinte tenho outro. No meu estado de espírito paradoxal tanto penso no assunto e quero ir (para sair, para ir a restaurantes novos), como me apetece "ficar muito doente da unha do dedo do pé", e não ir. Em junho, numa daquelas noites em que só relaxei no hotel, andei a namorar vestidos. E como que para me lembrar que estar no (...)
Qui | 20.07.17

Padrões

m-M
Ando a remoer este texto há semanas, desde as férias. Poderia ser poética e dizer que o deixei maturar, envelhecer, qual venho vinho do Porto, mas, na verdade, nem eu sei se isso o torna melhor (com a idade), mais claro; ou se, pelo contrário, vai parecer-vos tão confuso quanto a minha mente o está.Há muito pela blogosfera fora, quem escolha uma palavra do mês e a trabalhe, a escreva, a inclua nos seus dias - e o que eu gosto desses posts... :)No meu caso, junho trouxe-me uma (...)