Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Os Contos da menina-Mulher

Quem conta um conto, acrescenta-lhe um ponto. Estes são os meus pontos sobre saúde, culinária e lifestyle. Aqui toda eu sou vírgulas, reticências e, no extremo, pontos de exclamação ou mesmo um ponto final!

Seg | 02.10.17

Males da (minha) vida

m-M
Tenho um enorme "mal", que por mais voltas que dê à vida, não consigo melhorar, por aí além: a velocidade com que frustro.   Eu frustrava porque era baixinha. Precisei de 27 anos para deixar de pensar nisso. Eu frustro porque o meu cabelo é ranhoso e não cresce. Cortei-o na esperança de ele magicamente ficar saudável, lindo e forte. Nada. Agora, corto-o porque pelos vistos me fica bem, e porque é mais fácil de o "aturar" no dia-a-dia. Mas na verdade, suspiro ao meu cabelo (...)
Sex | 29.09.17

Moodboard #14

m-M
Se é para ser sincera, o mood hoje está um misto de: "quero ir descansar", de "amanhã já tenho o carro novo nas mãos" e de "'bora lá para o ginásio?"...   Maaaaaas, dado que domingo é dia de eleições, e que eu, pela 1ª vez na vida, vou ser parte "do dia", pois farei parte da uma das mesas de voto da minha freguesia (enviem-me boas vibes para aguentar até à meia-noite!!!), hoje o moodboard é também um memo board:   Bom fim-de-semana péssuau!
Seg | 25.09.17

Um mundo, cá dentro

m-M
Na semana passada, passei muito tempo sozinha. O m-R esteve fora, em trabalho (setembro é assim), não falei do assunto aqui, preferi focar-me na petiscada, nas limpezas, nas minhas análises (auto e do mundo). Talvez para não pensar muito no facto de que assim, ele conhece o mundo "facilmente", e eu não passo daquela moça que para fazer uma viagem-zita, tem que poupar 2 anos (e ir à TV ganhar dinheiro pelo meio...).   Ele esteve fora e eu tirei esses 3 dias para viver à minha (...)
Sab | 23.09.17

Um ano depois...

m-M
Faz hoje um ano, dormia nesta minha casa, neste meu teto de segurança, pela primeira vez. Nesta casa mais vazia do que cheia, sem cheiro, sem energia ou memórias associadas. Eu e o Snape (o meu companheiro da vida - e sim, o m-R sabe disto e não tem ciúmes!), só nós os dois. Os dois meio amedrontados porque mal tínhamos luz e não conhecíamos as divisões - acho que nunca dormimos tão enroscados um no outro como nessa noite!... Faz hoje um ano, não tínhamos televisão, a sala (...)