Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Os Contos da menina-Mulher

Quem conta um conto, acrescenta-lhe um ponto... Aqui toda eu sou vírgulas, reticências e, no extremo, pontos de exclamação ou mesmo um ponto final. Parágrafo!

Wonderland Lisboa - eu fui!

É verdade, eu fui! Ontem, ao fim do dia.

E sim, aquilo mais parecia um mix de festival de verão com feirinha de artesanato.

Dia 8 de Dezembro já se tornou tradição lá em casa: fazemos a "voltinha dos póbris" e vamos ver as iluminações de Natal à Baixa - era algo que eu fazia com os meus pais, no Porto, e consegui incutir o gosto ao m-R, aqui em Lisboa.

Ontem fizemos um desvio, saímos na estação do Parque e vos espreitar a Wonderland, que prometia ser:

Uma feira de Inverno/Natal ao nível das das capitais europeias

 

Agora imaginem-me às gargalhadas. Porque é como eu estou.

Bem, vocês que me lêem sabem que eu raramente concordo com a NiT, mas aqui, até lhes dou razão.

Fraquinho, muito fraquinho.

Apeteceu-me mandar o pessoal daquela equipa estagiar à Suiça e ver o que são pequenas Feiras de Inverno como deve ser. Aaaai que saudades disto!

Beber Glühwein num copo de plástico branco e mais caro do que em Zurique?! Mas 'tá tudo parvo?! 

Aaah e já agora: barraquinhas de ginjinha a cada 3 barraquinhas, farturas gourmet (sim, isso existe, o empregado que as frita está de lacinho preto! ) e ponchos "artesanais" a cada 4 barraquinhas NÃO fazem uma Feira de Inverno.

Isso e 15% das barraquinhas estarem fechadas no dia de abertura da Wonderland...

 

Valeu pelo passeio que soube pela vida, que não estava frio nenhum!

Valeu pela nossa tradição. E valeu pelas gargalhadas.

 

Quem estiver por Lisboa, visitem na mesma. Das duas uma:

  • ou melhora e aquilo foram os "soluços" da "estreia"
  • ou fica igual, mas dá para rir

Sou de novo uma suuuuuupéh ruiva!

Ontem foi mesmo dia de "SPA em casa" aka tratar da beleza eu própria, com produtos bons e baratos, mas eu a fazer a mim própria, que não há cá verba para grandes excentricidades - era isso, ou não havia presentes de Natal para muito BOA gente 

E também, pode-vos parecer estranho, mas aprender a fazer manicure a mim mesma, é MESMO um exercício de motricidade que me ensinaram no Centro de Paralisia Cerebral do Porto, logo, por muito que me frustre de não ter umas unhas suuuuuuuuuupéh bem pintadas, gosto de fazer a manicure a mim mesma, mesmo que nas 1ªs horas as minhas unhas pareçam ter sido pintadas por uma criança que não sabe o que é "pintar dentro das linhas" 

 

Aproveitei e pintei o cabelo com esta tinta... espuma... líquido... whatevers.

A minha mente andava-me a gritar RUIVA, TU ÉS RUIVA, desde que, por engano, escureci o cabelo.

E eu, moça muito bem mandada, encontrei esta tinta, espuma, líquido... em promoção no Continente (€5.60) e o meu lado Ruiva e o meu lado pelintra rejubilaram, em conjunto! 

A cor está, sem dúvida linda!!! Eu é que sou uma naba e não lhe consigo tirar uma foto que faça justiça - logo desta vez que me dei ao trabalho de tirar uma foto do "antes" para se notar diferenças...

 

Agora, o que eu queria mesmo partilhar é... quem inventou esta cena da "espuma", ou não pensou bem nisto, ou meteu-se nas drógas!

A aplicação é complicada como o camandro! A espuma NUNCA fica "de alta qualidade" como se pode ler na embalagem - ora sai esbranquiçada, ora lá sai com cor, ora sai densa, ora começa a ficar líquida... O líquido residual que fica no fundo vai crescendo/aumentado, e não é suposto voltarmos a abanar a embalagem depois de aberta, para voltar a fazer espuma... admito-vos, fiquei intrigada!!!

Pior, dizem eles na embalagem "aperte a embalagem na vertical, não na horizontal e a embalagem não é um doseador"... ora OI?! se de meio para baixo da embalagem não começarmos a inclinar a embalagem... só vos digo: bye bye espuma/tinta/líquido. E se não usamos o pump da embalagem para dosear, usamos para quê?

Houve ali uma altura em que tinha tinta na parede, no chão, no lavatório... ainda bem que o m-R estava fora em gravações, ou via aquele cenário e fugia a achar que eu tinha morto o meu amante na casa de banho 

Páh... bem me dizia uma fã da página de Faicibuqui que a aplicação não ia ser fácil...

 

Resultado: é uma espuma/tinta/líquido que exige mais 10 minutos do que outras marcas, me pintou os dedos todos, mesmo com luvas! - mas a cor está espetacular!

O preço foi bom, sinto-me RUIVA (até à ponta dos dedos ) e agora já posso ir para fora (em trabalho) para a semana, que já não vou com o cabelo de duas cores.

Não recomendo esta versão do DEMO, mas vou procurar a versão em creme, isso vos garanto!

E que tal é tomar um suplemento natural?

Faz por estes dias um mês que iniciei a minha parceria com a Enetural.

Sei que, à época, contactaram algumas meninas com outros blogues e vi, pelos grupos de discussão muitas delas com dúvidas, com "medo" deste tipo de produtos.

Este post, mais do que ser um post de parceria, é um post de experiência, um post de informação.

 

Há um mês, foi exatamente isso que fiz: informei-me. Falei com a marca, vi todo o catálogo deles e o que eles tinham disponível para teste em blogues.

A equipa da Enetural é muito profissional, muito dedicada e acompanha-nos sempre, ao longo de todo o processo. Não foi o receber um produto pelo correio "e já está".

Conversamos, falei-lhes das minhas alergias, falei-lhes das minhas doenças crónicas - e que não posso arriscar tomar medicação que entre em conflito com os princípios químicos dos medicamentos que me acompanharão para o resto da vida... - e sabem que mais? Do outro lado tive um atendimento super personalizado, cuidado. Atento e, pela forma cadenciada como o fazem, sei que não foram assim só para mim, por eu ser blogger.

Escolhi o Piperine Strong pelas suas capacidades de boost ao sistema imunitário, pela sua capacidade de potenciar os meus treinos e sim, também porque dizia ajudar a controlar o apetite e eu, m-M Maria assumo que tenho melhorado em muito a minha alimentação no último ano, maaaaaaaaaas também assumo que facilmente sucumbo às tentações em forma de bolachinha e docinho depois do jantar!

piperine_enetural_contosmeninamulher.JPG

(olhaaaa a embalagem vaziiia!)

 

Este post serve para vos contar como foi o 1º mês de experiência - pois ainda contarei com mais um mês/1 embalagem - e o que tenho sentido e que resultados vejo:

  • o meu sistema imunitário está realmente mais forte - recuperei de um gripe numa semana, logicamente apoiada por antigripais e muito chá, gengibre, mel e canela, mas caraças a gripe este ano não está nada amiguinha e eu, numa semana, estava back on track!
  • sinto que tenho mais energia durante os treinos - geralmente treino ao fim do dia, depois do trabalho. Começou o inverno e a chuva. E eu não só não desmotivei, como continuei a ir, a melhorar tempos e a caminhar/correr maiores distâncias. A verdade é que sinto um boost que não tinha antes, especialmente nos 2 primeiros kilometros.
  • o meu apetite diminuiu, de forma saudável. Não ando por aí sem comer, nem a passar fome, maaaaaaaaas consigo controlar-me melhor e já é muito raro ter desejos de doces à noite.

 

Num mês, perdi aproximadamente 1 kg - ou seja, meninas "histéricas" que vi noutras páginas, suplementos de apoio ao treino e sistema imunitário não significam necessariamente "medicação malvada que vai destruir o nosso corpo com ilusões" - perdi cerca de 1,5 cms de volume.

Um mês não é muito, é quase nada. Muitos podem desse lado pensar, "mas não conseguirias isto sozinha?"

Talvez... mas com o Piperine Strong, e ainda mais com a equipa da Enetural tive apoio, e ajuda nas escolhas e uma pessoa sempre disponível para ver se eu estava bem e se nada de errado se passava.

 

Agora?

Agora vem aí o Natal - e as comidas boas e as mesas fartas - aka o Grande Teste.

E eu? Vou viver a minha vida como todos os dias, fazendo as minhas escolhas, mas vendo esta experiência, até agora como muito positiva!

E no próximo mês cá estarei para vos contar os resultados "totais"  

Há quem se atrase porque adormece...

Há quem se atrase porque fica a ver documentários políticos, ao pequeno-almoço...

Sim, essa sou eu!

Hoje, de manhã, o Odisseias estava a passar um documentário sobre os percursos, relações, ascenção e queda de Hillaty e Barack Obama.

Era vê-los "frescos" em 2002, amiguinhos, ela a prepará-lo para ser seu wingman - ahahaha a ironia da vida!

Era vê-los a ganhar/ mostrar as "verdadeiras cores políticas"...

 

Era ver-me a deixar-me ficar em frente à TV.

Costumo demorar uns 12 minutos a tomar o pequeno almoço... hoje foi para perto de 25.

Valha-nos que hoje não me deu para a ronha, e que as lentes de contacto não se fizeram de difíceis.

No final o "atraso útil" foi de 5 minutos e lá fui eu para o metro.

Graças a Deus que tenho o hábito de chegar 15 minutos mais cedo ao trabalho... hoje cheguei tipo 5 minutos mais cedo e ninguém deu por nada. Especificamente pelo facto de eu me derreter a ver documentários políticos...

 

Odisseias, amiga, este documentário estava ao nível de ser passado em horário nobre, e bem anunciado.

Pensas nisso, para a próxima, p.f?!

A gerência agradece!

Campanha - Blogs Portugal

Estão a ver o ditado popular?

Água mole em pedra dura, tanto bate até que fura

 

Eu e as campanhas da Blogs Portugal é assim.

Participo desde que a plataforma existe, lembro-me que levei para lá, muit@s leitores

Participei em todas as campanhas que faziam sentido, para mim, e agora, ao fim de uns quase 2 anos, plim!

mrsunglasses_blogsportugal.JPG

 O Mr. Sunglasses deixou de ser apenas um blogue lançando agora a única publicação no setor da ótica direcionada ao consumidor.

São 80 páginas que exploram o mundo da ótica, divididas nas seguintes temáticas: Brand New, What's On, Urban Lifestyle, Brand Profile, Shopping, Editorials, Travel & Leisure, Showcase, Eye Care e Best Places To Buy.

Pode ser adquirida nas livrarias Bertrand, El Corte Inglés Lisboa e Porto, lojas Presslinha e em papelarias e quiosques selecionados.

Para comemorar este lançamento o Blogs Portugal e o Mr. Sunglasses tem para oferecer 8 Descontos de 50% na subscrição anual da revista.

 

Este desconto - aaaai o que eu adoro pelintrices!!! - é o meu presente!

E olha, é ver se assim, passo a visitar mais o El Corte Inglês, saindo de lá com a revista nas mãos e ganho um pouco mais um arzinho féxon!

 

Bem diz a Chic'Ana que o meu Natal este ano chegou mais cedo! 

 

Ainda não me seguem no Blogs Portugal?

Ora por quem sois!? É só clicar aqui.

Recebidos - SheIn: Vestido de Natal

Acho que não é surpresa para ninguém...

Este ano, mesmo com pneuzinho e tudo, os meus olhos brilham é por vestidos.

Depois de ter ganho coragem e ter apostado num vestido comprido - e mandei o meu metro e meio às urtigas! - em novembro, apostei num vestido vermelho, para me sentir bonita e póderosáh na Consoada que vou ter que passar com o Sogrinho querido!

 

Chegou na 6ª.

O tecido é maravilhoso, as fotos não lhe fazem justiça...a cor é um vermelho cereja sóbrio, mas com uma cor bonita de se ver, especialmente nesta altura do ano 

Estas são as minhas fotos de compradora feliz - mal tirei o vestido da embalagem!IMG_1457.JPG

(traz um cintinho e tudituditudi!)

IMG_1456.JPG

 (o detalhe da baínha do vestido - mais curto à frente, mais comprido atrás!)

 

 

Querem ver o vestido em todo o seu esplenfor, antes de ser vestido por mim?

Cliquem aqui!

 

Gostam?

Esperemos é que sogrinho querido não seja como os touros e não me ataque (mais) à vista de vermelho...

Recebidos - Chiado Editora: Per Sempre

No fim-de-semana em que a gripe e a febre me apanharam, tive que cancelar a minha ida ao lançamento deste livro, a convite da Chiado Editora.

Fiquei verdadeiramente triste!

Faltar um evento sobre livros, um lançamento!!!, com o autor presente, convidada pelo parceiro e numa tarde em que o m-R podia ir comigo?! Fiquei verdadeiramente triste...

 

E qual não foi a minha surpresa quando, na 6ª chego à caixa do correio e tenho lá o Per Sempre, à minha espera.

Senti-me verdadeiramente mimada, no bom sentido. Querida.

IMG_1465.JPG

Este final de ano, está a provar ser "o dos livros", e quem me conhece bem, sabe que pouco mais me faz feliz.

Estou a acabar o volume II do "Em Busca das Borboletas", tenho o "Amor Sublime" à minha espera, mas não deixarei o novo livro do Diogo per sempre à espera de ser lido.

Isso vos garanto! 

'Bora lá entrar no espírito natalício?

Para não fazer a figurinha do ano passado - mostrei-vos a árvore natalícia de 2015 já em 2016 

Cá está a nossa celebração do Yule, com destaque para os enfeites blogosféricos de anos anteriores e que, sem falsas amizades, acredito que deixam a minha árvore mais bonita, graças à Pandora e à meandmyboy 

Meu dito, meu feito, a minha 1ª árvore só num tom: BERMEILHO, não fosse ter logo resultado em derrota! 

 

Mas, para que nunca ninguém duvide que lá em casa a família só pode ser das boas, já lá está o saquinho SLB com as camisolas lindas de que falei ontem!

IMG_1451.JPG

IMG_1452.JPG

 

Eu sei, tenho muito jeitinho para decoração...

Mas, vá... escapa, não?

Desafio da Alimentação!

A Charneca desafiou, estou mais do que contente em ser desafiada! 

 

Aqui entre nós, adorei as perguntas e revi-me, aos meus vícios e às minhas novas escolhas alimentares. Daí estar já aqui, muito bem mandada a responder direitinho!

(se tiverem alguma dúvida, como vi que tiveram nos comentários a este post; deixem nos comentários. Responderei tendo em conta a minha experiência e o que tenho sentido, ok?)

 

1. O que costumas comer no dia a dia?

Desde o último ano que tento fazer escolhas mais saudáveis. Não por ser féxon ou fit, mas porque já que há mais opções e eu até tenho uma carrada de intolerâncias e alergias, porque não tomar a decisão de me portar melhor... e mantê-la?! Por isso, chá, pão de sementes, sopinha (muita e sem batata), carnes brancas e legumes são os meus recursos "primários". aaah e levo sempre marmita de casa para o trabalho - comer fora é coisa para os fins-de-semana, de vez em quando, são os dias de gula "sem limites".

 

2. Preferes doce ou salgado?

Aqui muita gente vai ficar  mas salgados! Há muitos anos, avisou-me um dos meus alergologistas: tendo em conta que sofro de ansiedade, iria sempre procurar pratos mais ricos em sódio. E é certinho direitinho: "morro" por batatas fritas e snacks - Pringles então... ui!!!! Logicamente também gosto bastante (cof cof) de doces - aaaai minhas ricas gomas!

 

3. E quanto a dieta, preocupas-te com isso ou comes sem pensar no amanhã?

No último ano e meio - desde que Lisboa resolveu agraciar-me com um pneu que nem parece meu - que me preocupo mais! Sou CONTRA DIETAS, por ter sido obrigada, por motivos de saúde, a manter uma MUITO restrita durante 3 anos... mas tenho aprendido a fazer escolhas - como o tornar-me flexitariana - que pode ser visto por muitos, como uma "dieta" e sim, foi uma escolha a pensar no meu corpo, mas de dentro para fora.

 

4. Qual é a tua comida e sobremesa favorita?

Isso não se pergunta!!! É como perguntar se gosto mais da minha mãe ou do meu pai!  Não tenho UM prato, tenho estilos de cozinha: indiana, mexicana e asiática. Um bom caril, um nachos com queijo e picante, pão chinês e massa de arroz... Marcha tudo! Como Portuense não renego as minhas tripas (com feijão ou enfarinhadas!), um bom cozido ou, mas isso já eu tenho que estar a ressacar, uma francesinha!

 

5. O que é que odeias comer, mas comes porque precisas? 

Não me consegue ocorrer nada. Odeio favas, couves de Bruxelas, raia cozida, esparguete, cabidela. E simplesmente não como.

 

6. Quanto pesas? Querias pesar mais ou menos? Estás satisfeita com o teu peso? 

Neste  momento nem é tanto o peso, é mais o corpo. Não estou satisfeita com o meu corpo. Estou a passar por um mau momento de imagem corporal, e até estou a levar o assunto para terapia...

Peso perto de 54 kgs e tenho 1.52 m. Ou seja para toda a gente está "tudo nos conformes". Eu, pessoalmente, gostava de voltar aos 52 kgs, que é "o meu peso de ouro", é o peso com que me sinto bem. Mas querem saber a verdade? É muito raro pesar-me. Todas estas noções são psicológicas, daí dizer que o que me faz mesmo diferença é a imagem corporal.

 

7. Qual a fruta favorita? 

Cerejaaaaaas!....

 

8. Comes ou gostas de verduras e legumes?

Adoro. Como sopa TODOS os dias. Tentamos fazer 1 a 3 refeições vegetarianas por semana. E já tenho os meus preferidos, embora seja "maluca" ao ponto de estar sempre disposta a experimentar coisas novas.

 

9. Quantas refeições fazes diariamente?

3 a 4. Sei que devia fazer mais mas, não tenho tempo, porque não como durante o horário laboral. Não gosto nada de ver as pessoas com caixinhas e saquinhas de "coisinhas" (sementes e coisas que tal) nas secretárias do trabalho. Não vale a pena  tenho uma embalagem de bolachas e 5 embalagens de chá e pronto. Fora as 3 refeições principais é o que "como". Resultado: como pouco e de menos e isso desregula o metabolismo...

 

10. O que gostarias de comer, mas o teu consciente não permite?

Huuuum... nada. Como tudo. Por muito "culpada" que me sinta (durante 5 minutos LOL). Como sei o que é NÃO PODER COMER, durante muito, muito tempo, permito-me de tudo. Tenho é aprendido a não exagerar. A não comer até ficar enfartada, a não me deixar iludir pelas fotos dos restaurantes e coisas que tal. Mas, se me dá um "desejo", posso correr "seca e Meca" e acabar a inventar parecido para comer em casa, mas não me deixo "morrer de desejos".

 

Desafio a Ana (que já está toda com espírito natalício!) e As Coisas Dela (que vi uma foto dela na cozinha e fiquei curiosa) 

Dicas para correr quando se está doente

Admito, desde a gripe que, mesmo com saudades de correr, me tem sido difícil regressar ao ritmo que já tinha conseguido.

 

Na semana passada só consegui fazer um treino. E fiz metade da distância "normal".

Hoje é dia de treino e estou tolhida de dores "femininas", cortesia da TDM.

 

Ando aqui à pricura de artigos na net. Todos me dizem que o exercício físico "ajuda" a diminuir as dores, que as endorfinas vão fazer "tudo desaparecer", qual sonho...

Mas eu, euzinha, só de pensar em mexer-me... doi-me, o corpo e a alma.

Digam-me vocês, pessoas reais que leêm o meu blogue, quais são as vossas dicas?

A vossa motivação, mesmo quando estão doentes, ou sofrem com a TDM enquanto gaijas ou gaijos (por solidariedade e amor!)... aaaah e o argumento: "Por um rabo mais jeitoso!" já eu repito em loop aqui na minha cabecinha!